Banner

Banner

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Homem suspeito de assalto milionário no Paraguai usava CNH falsa de Itajaí

 A Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Itajaí descobriu que um dos suspeitos de participar do assalto milionário no Paraguai no último dia 24 de abril utilizava um documento falso emitido na cidade catarinense. As informações foram repassadas pela Polícia Civil de São Paulo, e agora os investigadores vão apurar as circunstâncias da emissão da CNH falsificada.

 O assalto ocorreu no último dia 24 de abril em Ciudad del Este, Paraguai. Foram roubados R$ 120 milhões de uma empresa transportadora de valores. Quatro pessoas morreram em troca de tiros.

 Já foram presos 15 suspeitos do crime. Sete foram soltos por falta de indícios de participação e oito continuam detidos. Além destes, outros três morreram em confronto com a polícia. Os investigadores acreditam que 40 criminosos tenham participado do roubo, incluindo agentes da Polícia Nacional do Paraguai. A principal suspeita é de que o ataque tenha sido coordenado pela facção PCC, que tenta aumentar sua influência na fronteira.



DC