Banner

Banner

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Operários perderam a vida sob os escombros do prédio em construção no RS

 A queda de parte da marquise de um prédio residencial em obras na região Central de São Leopoldo, no Vale do Sinos, deixou pelo menos duas pessoas mortas, na tarde desta quinta-feira. Conforme as informações preliminares do Comando Rodoviário da Brigada Militar, a peça cedeu e atingiu os operários, por volta das 17h, em frente à rótula das avenidas São Borja e Feitoria. Uma das vítimas foi identificada como Lutierri Muller Kulba, de 30 anos.

 Corpo de Bombeiros, Brigada Militar e Samu foram acionados imediatamente. O local está isolado para trabalho das equipes de resgate. Ainda não há uma causa definida para o desabamento da estrutura. Pelo menos três pessoas foram encaminhados para atendimento médico no Hospital Centenário, duas delas em estado grave e uma em estado regular.

 A Prefeitura de São Leopoldo se manifestou através de nota, em que esclarece que a obra era licenciada e lamenta o ocorrido. Veja o texto na íntegra:

 “A Prefeitura Municipal de São Leopoldo lamenta profundamente a perda de vidas de trabalhadores e pelos feridos no acidente que aconteceu na tarde desta quinta-feira, 27 de julho, em obra de prédio situado na esquina da avenida João Correa e rua William Rottermund (próximo à rótula entre as avenidas João Corrêa, Feitoria e São Borja) .

 A Prefeitura informa que a obra foi devidamente licenciada e conta com seus próprios responsáveis técnicos, tanto pelo projeto quanto pela execução.

 As equipes do Samu agiram prontamente no atendimento às vítimas, e a Defesa Civil e a Guarda Civil Municipal isolaram a área, em colaboração com a Brigada Militar e o Corpo de Bombeiros. O Hospital Centenário está mobilizado com suas equipes na assistência médica aos feridos e no acolhimento às famílias das vítimas.”



Au Online