Banner

Banner

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Faturamento de exportações de aves e suínos cresce em SC

Faturamento de exportações de aves e suínos cresce em SC Sirli Freitas/Especial


Entre janeiro e julho de 2017, foram exportadas 162,3 mil toneladas de carne suína de SC


Foto: Sirli Freitas / Especial


Santa Catarina fechou os sete primeiros meses do ano com crescimento no faturamento das exportações de suínos e aves, conforme dados divulgados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços e analisados pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Cepa/Epagri) do Estado.
As exportações catarinenses de aves terminaram julho com alta acumulada no ano de quase 7% no faturamento em comparação com o mesmo período de 2016, ultrapassando US$ 1 bilhão. O volume de exportações, de 555,8 mil toneladas, foi 4% menor no mesmo comparativo.
Já de carne suína, entre janeiro e julho de 2017, foram exportadas 162,3 mil toneladas, com receitas passando de US$ 385,4 milhões. A cifra é 36% maior do que o faturamento no mesmo período do ano passado.
A sanidade do rebanho é um dos diferenciais para a exportação catarinense. Hoje, Santa Catarina é o único estado do país reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal como área livre de febre aftosa sem vacinação e, junto com o Rio Grande do Sul, faz parte de uma zona livre de peste suína clássica. 




Diário Catarinense