Torcedor da Chapecoense vai até Barcelona para testemunhar a história Juan Barbosa/Especial

Para Diego Mandrik, é uma sensação única estar em Barcelona


Foto: Juan Barbosa / Especial


Sete de agosto de 2017. Anote esta data. Será lembrada no futuro como um dos momentos mais emblemáticos da história da Chapecoense e do futebol de Santa Catarina, o dia em que o Verdão enfrentou o Barcelona, no Camp Nou lotado para reverenciar o clube que sobreviveu à maior tragédia do futebol mundial. O gigante espanhol convidou a Chape para a partida amistosa como forma de homenagear as 71 vítimas do acidente aéreo na Colômbia, em 29 de novembro do ano passado, quando a Chapecoense se dirigia para a final da Copa Sul- Americana. 
Disputar o troféu Joan Gamper não é privilégio para muitos. Para testemunhar e sentir de perto esta emoção, torcedores da Chapecoense cruzaram o Atlântico e garantiram os ingressos para o confronto na Espanha. É o caso do gerente de relacionamento Diego Mandrik.