Banner

Banner

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Homem que matou o filho bebê em Capinzal será julgado no dia 1º de abril

A Justiça da Comarca de Capinzal, por meio do juiz Daniel Radünz, designou o dia 1º de abril para a sessão do Tribunal do Júri envolvendo a morte de um bebê de dois meses no município. No banco dos réus estará Aislan Ribeiro Toldo, pai da criança e autor das agressões que teriam matado o bebê.
Ele segue preso em Joaçaba. A mãe da vítima, Vanessa Rodrigues da Silva, foi absolvida das acusações. O caso aconteceu no ano de 2017 quando o bebê foi encaminhado pelos avós ao hospital apresentando lesões pelo corpo. Entretanto, o bebê deu entrada já sem vida.
A necropsia do Instituto Geral de Perícias de Joaçaba apontou a causa da morte por traumatismo craniano. Conforme os autos, Vanessa disse que teria deixado o filho na sala aos cuidados do Aislan e foi dormir. Mais tarde ela foi acordada por Aislan dizendo que a criança não estava mais respirando.
O autor foi preso pela Polícia Militar no mesmo dia. Vanessa também chegou a ser presa, mas foi absolvida no decorrer do processo.

Claudério Augusto via Atual FM