Banner

Banner

quarta-feira, 12 de junho de 2019

Grêmio busca vitória fora e fuga da zona do rebaixamento contra o Botafogo

Tricolor irá enfrentar um adversário embalado a partir das 19h15min, no Engenhão

Felipe Vizeu tentará ajudar o Grêmio na conquista da primeira vitória fora de casa no BrasileirãoFelipe Vizeu tentará ajudar o Grêmio na conquista da primeira vitória fora de casa no Brasileirão
Vencer o Botafogo fora de casa e chegar à parada da Copa América o mais distante possível da zona de rebaixamento. Se não é o que o Grêmio imaginava no início do Brasileirão, é o que resta para o clube nesta primeira parte do campeonato. O Tricolor encara o time carioca a partir das 19h15min, no Engenhão, nesta quarta-feira.

As cinco rodadas iniciais, nas quais não obteve nenhuma vitória, atrasaram o time de Renato Portaluppi na tabela. Há um outro objetivo em jogo no Rio de Janeiro: conquistar a primeira vitória fora de casa. “Vamos enfrentar um adversário embalado, que vem de duas vitórias consecutivas. Espero que a gente possa deixar uma boa imagem até a parada”, destaca o atacante Diego Tardelli. 
A equipe tem dois retornos importantes. Michel volta no meio-campo para formar dupla com Maicon, e Juninho Capixaba retoma sua posição na lateral esquerda após cumprir suspensão. “Uma vitória nos deixa bastante tranquilos, nosso objetivo é esse, terminar bem. A equipe evoluiu, vem crescendo, não estamos encantando, mas o importante é vencer e se distanciar da zona de rebaixamento”, acrescentou Tardelli. 
Principal contratação do Grêmio nesta temporada, o atacante tratou de afastar os boatos de que estaria insatisfeito no Grêmio e pretendendo deixar o clube. “Claro que não estou feliz com o meu momento, queria poder me readaptar o mais rápido possível, mas eu converso diariamente com o Renato, ele me deixa tranquilo”, comentou. 
“É um processo normal, acho que após a Copa América as coisas vão acontecer naturalmente, vou estar melhor física e tecnicamente. Eu me cobro muito, então por isso fico um pouco triste, eu queria estar jogando bem e fazendo gols. Está acontecendo comigo (readaptação após retornar do futebol chinês), com o Pato no São Paulo, o Hernanes. Não veio nada (de propostas), acabei de chegar, tenho três meses de clube, contrato até 2021”.

Desejo de ampliar boa fase 

Em boa fase, o Botafogo tentará manter os 100% no Rio pela competição buscando permanecer na zona de classificação para a Copa Libertadores de 2020 durante a parada para a Copa América. Com o adversário desta quarta-feira na memória mais recente do torneio continental, o time que está com 15 pontos e ocupando o quarto lugar na tabela do Brasileirão tenta esquecer a eliminação para os gaúchos nas quartas de final da competição em 2017 e manter a boa fase de um time que ganhou sete dos dez jogos sob a liderança de Barroca. 
O zagueiro Gabriel não estava no clube de General Severiano em 2017, mas lembrou de um encontro marcante com os gremistas na Copa do Brasil de 2016. Quando atuava pelo Atlético-MG, ele marcou um dos gols da equipe mineira na final do torneio contra os gaúchos. "É sempre bom marcar gol, rever uma equipe gigantesca como a do Grêmio. Mas o futebol é coletivo, o importante é a vitória, e não quem faz o gol". 
E ultimamente a vitória tem sido íntima do Botafogo quando o jogo é no Engenhão. O time não perde no estádio há dez partidas, contabilizando jogos do Brasileirão, da Copa Sul-Americana, Copa do Brasil e Carioca. Com Eduardo Barroca na área técnica, a equipe venceu os quatro jogos que disputou em sua sede, contra Bahia (3 a 2), Fortaleza (1 a 0), Vasco (1 a 0) e Sol de América (4 a 0). No total, o técnico que substituiu Zé Ricardo após a eliminação para o Juventude na Copa do Brasil, em abril, conta com 66% de aproveitamento nas dez partidas em que comandou o time. 
"Barroca chegou pensando em curto prazo ser o melhor possível. Creio que conseguimos dar essa resposta. Vai ter tempo para desenvolver nessa parada da Copa América a filosofia de trabalho dele, que é das melhores possíveis", concluiu Gabriel. Para o jogo desta quarta-feira, Barroca não poderá contar mais uma vez com o goleiro Gatito Fernández, que está com a seleção do Paraguai para a disputa da Copa América e dará lugar outra vez a Diego Cavalieri. Assim, deve ser repetida a escalação do triunfo em Maceió (2 a 1) contra o CSA.
Brasileirão 2019 - 9ª Rodada 
Botafogo 
Diego Cavalieri; Fernando, Joel Carli, Gabriel e Gilson; Cícero, Alex Santana e João Paulo; Erik, Diego Souza e Luiz Fernando. Técnico: Eduardo Barroca. 
Grêmio 
Paulo Victor; Leonardo Gomes, Geromel, Rodriguez e Juninho Capixaba; Michel, Maicon, Alisson, Jean Pyerre e Diego Tardelli; Felipe Vizeu. Técnico: Renato Portaluppi. 
Árbitro: Marcelo de Souza (PB). Local: Engenhão, Rio de Janeiro. Horário: 19h15min.




 AE / Correio do Povo