sexta-feira, 20 de janeiro de 2023

Polícia conclui investigação sobre homem que transmitiu Aids propositalmente em Chapecó

A Polícia Civil, por meio da equipe da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI), concluiu uma investigação que apurou a conduta de um homem de 61 anos, que transmitiu propositadamente o vírus causador da Aids à namorada, de 53 anos, em Chapecó, no Oeste catarinense.

As investigações realizadas comprovaram que a mulher foi contaminada pelo investigado, que já havia sido diagnosticado com Aids anos antes de conhecer a vítima.

O criminoso não contou à parceira sobre a doença e o casal mantinha relações sexuais sem uso de preservativo, o que resultou na transmissão do vírus, confirmada por meio de exames médicos realizados pela mulher.

A investigação iniciou em 2022, algum tempo após a vítima descobrir que havia sido contaminada pelo parceiro. O suspeito iniciou o relacionamento com a mulher e permaneceu por mais de seis meses escondendo sua condição de saúde. Segundo a polícia, ele só revelou o diagnóstico no momento em que a namorada o confrontou, pois descobriu que ele tomava medicamentos e pesquisou na internet para que serviam.

Conforme a Polícia Civil, o autor foi indiciado pela prática do crime de lesão corporal de natureza gravíssima, que prevê pena de reclusão de dois a oito anos.





Claudério Augusto via site Oeste Mais