Banner

Banner

sábado, 25 de abril de 2015

Bombeiros de Chapecó


Atendidas 38 ocorrências - 28 atividades técnicas preventivas - entre as manhãs de 6ª feira, 24, e sábado, 25 de abril de 2015

DESTAQUES

Às 22h04min na rua Olívio Lago no bairro  Quedas  do Palmital atendida  Lidiane  Tereza  Lazarim 29 anos,  vítima de  queda em prática esportiva. Consciente e orientada apresentava ferimento na cabeça, foi efetuado curativo e após conduzida ao PS do hospital.

E às  23h10min na SC 283 saída para Seara atendido   Elizandro  Barrionuevo  20  anos,  vítima  de  queda  de  motocicleta  em  via  pública. Consciente e orientado apresentava ferimento no joelho esquerdo e entorse no tornozelo esquerdo, após imobilização e curativo foi conduzido ao PS do hospital.


COBOM

Fundador do Trio Parada Dura morre em Belo Horizonte

Mangabinha em 1998.  (Foto: Reprodução TV Globo)Mangabinha tinha 72 anos e deixa duas filhas.

Músico teve um AVC nesta quinta-feira (23).

Mangabinha em 1998. (Foto: Reprodução TV Globo)


O músico Mangabinha, fundador do Trio Parada Dura, morreu na manhã desta quinta-feira (23), no hospital Socor, em Belo Horizonte. A causa da morte foi um acidente vascular cerebral (AVC), seguido de uma parada cardiorrespiratória, segundo informações de um dos netos do cantor, Mangabinha João Quadros.
Carlos Alberto Mangabinha Ribeiro tinha 72 anos e convivia com o diabetes há 40 anos. Ele era casado e deixa duas filhas e três netos. O enterro será nesta sexta-feira (24), às 10h, no Bosque da Esperança, no Bairro Jaqueline, na Região de Venda Nova.
Mangabinha nasceu na cidade de Corinto, na Região Central de Minas Gerais, em 1942. Aprendeu a tocar sanfona aos oito anos de idade e trabalhou como boia-fria no interior do estado. Em 1970, ele se mudou para a capital mineira.
No início da carreira de músico, Mangabinha tocou com a dupla Gino e Geno. Em 1971, montou um trio com a dupla Delmir e Delmon, com quem lançou a música “Trio Parada Dura”, que deu origem ao nome do grupo.
Delmir e Delmon foram posteriormente substituídos por Creone e Barrerito, sendo essa a formação do trio de maior sucesso. Atualmente, Mangabinha era acompanhado por Leone, Leonito e maestro Marinho.
“Fuscão Preto", "Panela Velha"  e "As Andorinhas" estão entre as músicas de maior sucesso gravadas pelo Trio Parada Dura. Ao longo de 26 anos, o músico foi dono de sete casas de show “Forró do Mangabinha” na capital.
G 1 

Homem é atropelado na ERS 324 em Planalto

 
No início da noite desta sexta-feira, 24, um homem de 59 anos foi atropelado por um veículo de passeio no quilometro 26 da ERS 324 na localidade de Santa Cruz em Planalto



A vítima identificada como João dos Santos morador de Santa Cruz estava sobre a pista próximo ao pavilhão da comunidade por volta das 19 horas quando ocorreu o atropelamento.
Um veículo Fiat Alba com placas de Planalto trafegava sentido interior- cidade quando atingiu o homem. Conforme o condutor do veículo, Carlos Alberto Bridi, no momento do acidente outro veículo trafegava no sentido contrário com a luz alta, dificultando sua visão.
O motorista prestou socorro e acionou o SAMU - Serviço de Atendimento Móvel de Urgência que socorreu a vítima ao Hospital Nossa Senhora Medianeira onde permanece internado em estado regular. O condutor do carro e sua esposa não sofreram ferimentos.
A Brigada Militar de Planalto prestou atendimento e acionou a Polícia Rodoviária Estadual de Nonoai que registrou a ocorrência. O veículo ficou com o para-brisa destruído e foi removido ao pátio do Detran.



In Foco RS

Carro apreendido com grande quantidade de cigarros em Água Doce



A Polícia Rodoviária Federal de Água Doce apreendeu mais um veículo com carga de cigarros contrabandeados. Conforme informações, houve acompanhamento tático pela rodovia, sendo que o carro acessou uma rodovia estadual. 
O condutor abandonou o Ford Fusion e fugiu para a mata.
O carro estava com placas clonadas de um carro parecido de Joinville, mas tem registro de furto em Ponte Alta do Norte. 
O carro foi entregue na Delegacia Regional de Polícia de Joaçaba onde foi registrada a ocorrência e depois enviado para a Receita Federal.   


ATUAL FM 

CHAPÃO GRILL PIZZARIA E RESTAURANTE
 
Na José Carvalho, atrás do Supermercado Popiolski, no Bairro São Cristóvão.
Telefone 3323 8465

Confira a história da jovem de Jaraguá do Sul que mora na UTI há 13 anos

Giane Samara Serpa tem 17 anos e, desde os quatro, saiu do hospital apenas duas vezes

Confira a história da jovem de Jaraguá do Sul que mora na UTI há 13 anos Rodrigo Philipps/Agencia RBS
Giane é tetraplégica e luta pela vida incansavelmente, como poucos na história 
 
Foto: Rodrigo Philipps / Agencia RBS
 
 Leandro S. Junges

Giane Samara Serpa vai fazer 18 anos em julho e está presa a uma cama de UTI desde os quatro. Ela mora na UTI Neonatal do Hospital Jaraguá há mais de 13 anos. Saiu de lá só duas vezes, rapidamente. Lá vai ficar para o resto da vida. Pode morrer hoje, amanhã, ou em 20 anos. Como qualquer um de nós. A diferença é que Giane está tetraplégica e luta pela vida incansavelmente, como poucos na história.


São raros os casos de tetraplegia provocada por trauma na coluna cervical em que a vida não se consome logo nos primeiros dias, semanas, meses após o acidente. O caso mais conhecido no mundo é o do ator Christopher Reeve, que interpretou o personagem Super-homem no cinema e viveu por nove anos lutando pela volta dos movimentos do corpo.

A semelhança do trauma sofrido pela jovem de Jaraguá do Sul e o drama do ator norte-americano é uma das primeiras explicações a que o pai dela, Moacir Serpa, e o médico pediatra Osmar César Cruz, recorrem ao tentar explicar o que mantém Giane presa à UTI.

Tudo começou num descuido infantil. A menina brincava na frente de casa com uma amiguinha, em fevereiro de 2002, no bairro Lenzi, em Jaraguá. Em um segundo de desatenção, acabou atropelada ao atravessar a rua. Quebrou as duas pernas e sofreu uma lesão grave em duas vértebras cervicais, que os médicos chamam de C1 e C2, as primeiras da cabeça em direção às costas.

Qualquer pai sabe que um trauma na coluna, por mais simples que seja, pode afetar uma vértebra e, consequentemente, causar lesões na medula espinhal. Gravíssimo só de pensar. Quanto mais alta a lesão, mais graves são os danos. Tentando deixar de lado os termos técnicos, o pediatra Osmar Cruz explica que, se uma fratura cervical já é grave, o que dizer de um trauma assim em uma criança de quatro anos.

A coluna cervical tem a função de estruturar e distribuir os impulsos nervosos que promovem a percepção, o reconhecimento e a realização das necessidades básicas do ser humano, da vontade, dos desejos, e até de movimentos involuntários, como respirar.

E é aí que está a principal explicação para que Giane tenha que morar no hospital. Sem aparelhos ligados 24 horas por dia, a adolescente morreria sem ar, em instantes. O diafragma de Giane não faz o movimento básico de expandir e comprimir os pulmões. Sem esse movimento não há como respirar.

Já existem aparelhos respiradores portáteis, como o que era usado pelo ator Christopher Reeve. Numa cadeira de rodas, ele mantinha uma parafernália de equipamentos que lhe permitiam não apenas respirar, mas se movimentar de um lado para o outro e obter, por meio de computadores, diagnósticos imediatos de sua condição de saúde. Um equipamento parecido custa quase meio milhão de reais.

O mais próximo disso, aqui no Brasil, seria levar uma UTI móvel dentro de uma ambulância, para onde o paciente for. Ou instalar todos os equipamentos espaço e transformar um quarto de casa numa UTI, por exemplo.

Com o inconveniente de não ter os cuidados profissionais que tem um hospital de verdade. Em resumo: não é uma decisão fácil para um pai manter a filha morando no hospital, longe do convívio da família.

— A gente não tem escolha. É o melhor para ela, para a saúde e o bem-estar dela — diz o pai, Moacir Serpa, que é instrumentador cirúrgico e, numa coincidência do destino, teve de ajudar os médicos que fizeram os primeiros atendimentos e as cirurgias de emergência no corpo da menina, há 13 anos.

Hoje, mesmo com tanta limitação, Giane é tratada como qualquer adolescente pela equipe hospital, pelos familiares e por alguns amigos que a visitam. Uma "adolescente às vezes rebelde", brinca o pai, lembrando o temperamento e as preferências da jovem. O dia-a-dia no hospital é cercado de cuidados. Giane assiste a programas de televisão e a DVDs de desenho animado.

Como o acidente afetou também o desenvolvimento da fala, a menina usa poucas expressões para se comunicar. "Ééé", "hunhun" e "papai" são algumas das mais usadas. O carinho e a dedicação da família, especialmente do pai, que trabalha no hospital, fazem toda a diferença.

Uma dos momentos preferidos de Giane é fazer dupla com o pai. Moacir deixou um violão perto do cama e quando começa a cantar ela esvazia os pulmões cantarolando junto. O olhar da menina brilha e ela se derrete em beijos estalados.

Não é possível saber tudo o que se passa pela cabeça da menina que cresceu e vai virar uma adulta morando na UTI do Hospital Jaraguá. Mas há uma certeza entre os que a conhecem e convivem com ela: mesmo sem movimentos, Giane é um exemplo de luta pela vida.


A NOTÍCIA

Fim de semana será de tempo aberto e temperatura perto dos 24ºC em SC

Sábado e domingo no Estado terão um comportamento típico de outono

Fim de semana será de tempo aberto e temperatura perto dos 24ºC em SC Marcos Porto/Agencia RBS
A sexta-feira foi de sol na Praia Central, em Balneário Camboriú 
 
Foto: Marcos Porto / Agencia RBS
 
 
O fim de semana em Santa Catarina será típico de outono. O sol deve aparecer entre nuvens em todas as regiões, com um pouco mais de nebulosidade no Litoral e áreas próximas. As temperaturas também seguem o padrão da estação com manhãs e noites mais amenas e com máximas mais altas durante à tarde.
A Serra deve ter um frio um pouco mais intenso durante as manhãs com pontos que podem chegar a alcançar entre 4 e 6ºC. Já durante a tarde, as máximas sobem para a casa dos 23 a 25ºC em quase todas as regiões.


Domingo sem alterações


O domingo terá o mesmo comportamento de sábado, apenas com um pouco mais de nebulosidade no início da manhã, devido a umidade que vem do mar. As temperaturas também permanecem na casa dos 23 a 25ºC durante a tarde em todas as regiões. 



DIÁRIO CATARINENSE

Receita lança megaoperação de combate ao contrabando na fronteira

Ação conjunta foi deflagrada na manhã desta sexta (24) no PR, MS e SP.
Objetivo é reforçar a fiscalização da entrada até o destino dos produtos.

A Receita Federal (RF) deflagrou na manhã desta sexta-feira (24) uma megaoperação de combate ao contrabando e ao descaminho, à pirataria e a outros crimes de fronteira. A Operação Escudo, como está sendo chamada, contará com barreiras montadas em pontos estratégicos no Paraná, Mato Grosso do Sul e São Paulo. Equipes volantes, helicópteros da própria RF e cães farejadores também devem ser empregados no reforço de combate à criminalidade.
O objetivo é reforçar a fiscalização em toda a rota dos produtos trazidos ilegalmente em especial do Paraguai, desde a entrada até o destino final, concentrado em São Paulo, e assim diminuir a circulação de mercadorias, não apenas apreendê-las.
A ação faz parte da Operação Fronteira Blindada, lançada em 2005, e conta com a participação da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e polícias civis e militares dos três estados. Somente da RF, serão mobilizados 600 servidores.
"O prazo inicial da operação é de 60 dias, que poderá ser prorrogado por mais tempo dependendo dos resultados neste período", comenta o coordenador de administração aduaneira da RF, José Carlos de Araújo ao destacar que as pessoas precisam se conscientizar sobre este tipo de crime.
"Um dos principais atrativos é o preço destas mercadorias para o consumidor e o lucro para o contrabandista. Muitos, ao consumirem estes produtos, não se dão conta dos malefícios que podem trazer para a sua própria saúde ou de entes queridos. Imagine um brinquedo que vem com tinta tóxica e uma criança tenha contato com isso, podendo até morrer", alerta.
No Paraná, as barreiras fixas serão montadas na praça de pedágio da BR-277 em São Miguel do Iguaçu, a cerca de 25 km de Foz do Iguaçu.


Porta de entrada

O Paraná é apontado como a principal porta de entrada de cigarros contrabandeados do Paraguai no país. Segundo levantamento feito pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social de Fronteira (Idesf), o produto é o responsável pelo maior rombo na economia do país com o que deixa de ser arrecadado em tributos e com o que a indústria deixa de vender: R$ 6,4 bilhões por ano.
Pelos mesmos caminhos usados pelas quadrilhas de contrabandistas seguem eletrônicos, itens de informática, roupas e bebidas. Em 2014, somente na região de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, foram tirados de circulação mais de 350 milhões de reais em mercadorias e veículos usados no transporte dos produtos que entram no país ilegalmente.

 


G1  PR

Cid Moreira e Sérgio Chapelin dão um ‘boa noite’ para matar saudades

Um momento histórico termina de um jeito inédito. Quatro pessoas na bancada, encerrando uma edição do Jornal Nacional. E com a emoção de reunir de novo dois símbolos da televisão brasileira. 
 

Na semana em que a Globo completa 50 anos, o Jornal Nacional relembra os apresentadores que tiveram a responsabilidade de ocupar a bancada.

 
Cid Moreira: No próximo dia 26, domingo, a TV Globo completa 50 anos. O Jornal Nacional é mais jovem. Em setembro, comemora 46. Eu tive a honra de inaugurar o JN, ao lado do colega Hilton Gomes, em 1969. E estive aqui nos primeiros 27 anos. Foi um período de construção do jornalismo da Rede Globo, do próprio Jornal Nacional, e também da relação dos brasileiros com a Globo e com o JN. Foram muitos anos vivendo o jornalismo. Vendo a notícia chegar à redação nas anotações de um apurador, de um produtor, um repórter, um cinegrafista, um editor. Foram anos participando desse processo com entusiasmo e paixão até o momento em que cabia a nós levar a informação aos cidadãos. Ao longo dessa semana, enquanto os nossos repórteres relembravam momentos especiais da história e da carreira de cada um, alguns milhões de brasileiros fizeram o mesmo e se emocionaram com eles. E entre esses milhões que se emocionaram, estamos eu e o Chapelin. Relembrar esses momentos foi muito emocionante pra nós, e pra todos os colegas que, um dia, tiveram a responsabilidade enorme de ocupar essa bancada.


G 1 

Próxima novela das seis com Paolla Oliveira será gravada na serra gaúcha

Trabalhos têm início na próxima semana, em Bento, e os atores devem chegar em maio

Próxima novela das seis com Paolla Oliveira será gravada na serra gaúcha Zé Paulo Cardeal/TV Globo
Paolla para a gauchada ver e admirar 
 
Foto: Zé Paulo Cardeal / TV Globo
 
Flávia Requião


Na última semana de abril, a próxima, devem ter início, na Serra, as gravações da próxima novela das seis da TV Globo, Além do Tempo. A trama, que substituirá Sete Vidas, terá como vilã Paolla Oliveira.

Nessa primeira etapa, serão captadas imagens ambientais de lugares como Bento Gonçalves, para serem usadas ao longo da novela. Atores, como Paolla, devem fazer suas sequências em locais como São José dos Ausentes em maio.
As gravações no Rio Grande do Sul devem se estender até o início de junho. Outra novela das seis, aliás, já foi gravada na Serra, mais recentemente: A Vida da Gente (2011) teve cenas belíssimas em Gramado, Canela e também em Porto Alegre.



DIÁRIO GAÚCHO

Menino vítima de tornado de Xanxerê tem morte cerebral

Dois pacientes estavam internados em Chapecó e seis em Xanxerê



Uma criança e uma idosa estavam na UTI do hospital em Chapecó.
A criança, Gabriel da Luz Sutil, teve morte cerebral  ontem às 23h40min

O hospital de Chapecó, para onde vítimas do tornado foram encaminhadas, divulgou na manhã desta sexta-feira (24), um novo boletim médico. Dois seguiam internados na UTI. Um deles é Gabriel da Luz Sutil, de oito anos, que apresenta trauma encefálico e lesão neurológica gravíssima, respira com auxílio de aparelhos e não responde a estímulos e medicamentos. Uma idosa, de 63 anos, está em coma induzido, seu quadro é grave e respira com ajuda de aparelhos.
Uma menina, de cinco anos, que estava na UTI do hospital em Chapecó foi transferida para o Hospital da Criança onde foi realizada uma bateria de exames e descartado o traumatismo. Com isso, seu quadro clínico evoluiu e recebeu alta médica às 8h30min desta sexta.
No Hospital Regional São Paulo, de Xanxerê, de acordo com a assessoria de imprensa, permanecem internados seis pacientes. Pelo que apurou a reportagem do TUDOSOBREXANXERE.com.br, alguns deles são as vítimas que sofreram amputações e necessitam de cuidados especiais. 

TUDO SOBRE XANXERÊ

Horóscopo sábado 25 de abril de 2015

 


ÁRIES: Com carinho e suavidade você conseguirá convencer inclusive as pessoas que mais resistem aos seus avanços. Isso não será mera sedução, porque os planos em andamento são mais profundos e verdadeiros do que parecem.


TOURO: Seus planos hão de ser exclusivamente seus. Por enquanto, ninguém precisa saber de toda a extensão do que você vem idealizando. Um pouco aqui, outro pouco lá, essa pessoa sabe disso, a outra sabe daquilo, apenas isso.


GÊMEOS: Apesar das profundas crises interiores você pode aceitar o ritmo cotidiano e fazer dele seu salva-vidas. Organize tudo, organize inclusive o que parece estar ordenado porque a repetição da ordem terá um efeito benéfico.


CÂNCER: Faça tudo que tiver em mente com discrição, pois assim você terá maiores chances de sucesso. Informações que vazarem ou comentários que sirvam para as pessoas suspeitarem de seus movimentos, tudo contribuirá para a fragilidade.


LEÃO: Há uma sintonia possível e disponível para você se entender melhor com certas pessoas. Aproximar-se delas seria necessário, considerando-se que pela inércia do passado isso não aconteceria espontaneamente. Faça a sua parte.


VIRGEM: Parece estar tudo a postos para você fazer o que deseja e provavelmente seja assim. Porém, o panorama é complexo e instável o suficiente para requerer que você cheque tudo outra vez antes de empreender a ação.


LIBRA: Colabore para que as pessoas façam o necessário e o panorama volte a ficar ordenado e sob domínio. Eventualmente, essa colaboração significará você deixar de fazer algumas coisas suas, mas isso será valioso.


ESCORPIÃO: Pela força com que as pessoas se apresentam, a primeira impressão que você terá será a de que não conseguirá dominá-las ou conduzi-las do seu jeito. Observe melhor, sua alma não está desprovida de força.


SAGITÁRIO: Seu processo de reinvenção será mais fácil do que parece a princípio. Todas as dificuldades derivam da preguiça e do amarrar-se a um passado que, de fato, não poderá mais retornar. Encare a tarefa com alegria.


CAPRICÓRNIO: Agora é hora de descomplicar, de tirar de seu coração o peso de que esta parte do caminho seria árdua demais para suportá-la. Neste momento você pode encarar tudo com leveza e alegria, mesmo nada tendo mudado.


AQUÁRIO: Belas palavras precisam ser ditas com a mesma intensidade com que em outros momentos se proferem palavras de raiva e indignação. Por que será que nossa humanidade é despudorada com a raiva e tímida com a beleza?


PEIXES: E no fim as coisas se acertam, não por geração espontânea, mas porque você as enfrenta e domina. Ação, tudo que se necessita é ação coordenada com o tempo propício para empreendê-la. Isso é agir intuitivamente.


DIÁRIO GAÚCHO

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Encontrado carro desaparecido no Rio Buricá, no Noroeste do RS

Carro com três pessoas foi arrastado pela correnteza na terça-feira.
Veículo foi localizado a 500 metros abaixo da ponte onde ocorreu acidente.

Buscas por pai e filha desaparecidos em rio são retomadas no RS (Foto: Reprodução/RBS TV)
 
 
Acidente aconteceu no Rio Buricá, no interior do RS
 
 
(Foto: Reprodução/RBS TV)
 
 
Foi encontrado no final da manhã desta sexta-feira (24) o carro que foi levado pela correnteza no Rio Buricá, no Noroeste do Rio Grande do Sul, na madrugada de terça-feira (21). Pela tarde, após seguirem as buscas, os bombeiros acharam também o corpo de Luana Borges da Silva, de 21 anos, que estava no interior do veículo com pai e mãe no momento do acidente.
O veículo foi localizado cerca de 500 metros abaixo da ponte onde ocorreu o acidente, entre os municípios de Boa vista do Buricá e Três de Maio. O local fica próximo ao local onde a mãe de Luana, Angelita da Silva, de 39 anos, conseguiu se segurar em uma árvore e ser resgatada no dia do acidente.
O corpo do pai dela, Selso Antônio da Silva, de 42 anos, já havia sido localizado na manhã de quinta-feira (23) em Nova Candelária, a cerca de 20 quilômetros do local do acidente.
De acordo com a Brigada Militar, o veículo foi arrastado pela correnteza quando a família tentou atravessar a ponte, que foi coberta parcialmente pela cheia do rio. A família voltava para a casa em Caxias do Sul, na Serra, depois de aproveitar o feriado de Tiradentes para visitar parentes na Região Noroeste.


G1  RS

Carreta com carga de trigo a granel tomba na BR 480


Uma carreta com carregamento de trigo a granel, tombou na pista em uma das curvas da BR 480, próximo de Barão de Cotegipe. O motorista, Éder Bochkoski (34), sofreu escoriações leves e concordou em ser conduzido pelo resgate do Corpo de Bombeiros, para exames médicos no Hospital Municipal Santa Terezinha. Ele contou para policiais militares de Barão de Cotegipe que chegaram em seguida ao acidente, que uma mulher fazia a travessia da pista na saída de curva e ele precisou fazer uma pequena manobra, que o caminhão não suportou e acabou "deitando" na pista.
Populares acionaram os bombeiros de Erechim, informando que o motorista estava preso nas ferragens, o que não aconteceu. Duas equipes de bombeiros foram ao local. A ocorrência ficou sob controle de agentes da Polícia Rodoviária Federal. Uma máquina e vários homens começaram a trabalhar em seguida para recolher o possível do trigo, esparramado na pista e no acostamento da rodovia. A carreta tem placas de barão de Cotegipe.  


AU ON LINE

Juro do cheque especial chega a 220%

Em 12 meses, o rotativo teve a taxa elevada em 27,1 pontos percentuais

Diante do atual ciclo de alta dos juros implementado pelo Banco Central, o crédito aos consumidores e empresas tem ficado cada vez mais caro. Em março, a taxa média do cheque especial atingiu 220,4% ao ano, o maior nível em quase 20 anos - em dezembro de 1995, o nível chegou a 242,23% ao ano. Essa tendência de alta, segundo dados do BC, está em praticamente todas as modalidades de crédito e, com isso, a taxa média das operações com recursos livres bateu recorde, atingiu 40,6% ao ano no mês passado.

As linhas mais caras foram as que mais subiram. O cheque especial, que perde apenas para o rotativo do cartão de crédito nesse ranking das maiores taxas, apresentou elevação de 6,2 pontos porcentuais apenas no mês; no trimestre, a alta foi de 19,4 pontos porcentuais. No acumulado de 12 meses, os juros do cheque especial subiram 61 pontos.

O rotativo do cartão de crédito ficou com taxa de 342,2% ao ano em março e mais uma vez ficou como a modalidade com encargos mais pesados. Um mês antes, em fevereiro, os juros dessa opção eram 7,6 pontos porcentuais menores, estavam em 334,6% ao ano. Em 12 meses, o rotativo teve a taxa elevada em 27,1 pontos porcentuais. Para Tulio Maciel, chefe do Departamento Econômico do BC, esse movimento de alta das taxas ocorre em um cenário de inadimplência em baixa. Para as famílias, o nível de calote entre fevereiro e março apresentou uma ligeira elevação ao passar de 5,3% para 5,4% - essa taxa corresponde apenas às operações com crédito livre. As empresas ficaram com o nível de inadimplência estável em 3,5% entre um mês e outro.

Maciel observou que os consumidores, diante da alta das taxas, têm migrado de linhas mais caras para outras mais baratas. "Para pessoa física, houve aumento importante das operações de crédito consignado, principalmente para aposentados", relatou. "O crédito consignado representa um terço do crédito para os consumidores, com uma elevação acima da média para pessoa física." Crescimento Os dados divulgados nesta sexta-feira, 24, pelo BC mostram também que o estoque de operações de crédito do sistema financeiro subiu 1,2% em março ante fevereiro e chegou a R$ 3,060 trilhões. Embora a economia esteja praticamente estagnada, a tomada de financiamentos no País continua em expansão moderada, a um ritmo de 11,2% em 12 meses até o mês passado.

Segundo Maciel, as operações de crédito em março mostraram um aumento maior do que o registrado em fevereiro e janeiro em função de uma sazonalidade do ciclo econômico. "O dinamismo da economia brasileira tem esse padrão crescente nos primeiros meses do ano e o crédito acompanha essa evolução", afirmou. "A nossa previsão para a expansão do crédito noano segue em 11%." Maciel chamou atenção para o crescimento em 12 meses no crédito livre para pessoa jurídica, que chegou a 5,1% em março.

Em dezembro do ano passado, essa expansão era de 3,8%. "O primeiro trimestre de 2015 foi melhor no crédito para as empresas do que os três primeiros meses do ano passado. Em parte, isso decorre da evolução do câmbio", avaliou. Segundo ele, houve crescimento expressivo no financiamento às exportações e nos repasses externos, com altas de 2,8% e 13,8% em março, respectivamente.Ele destacou que a carteira do BNDES para empresas, que representa quase três quartos do total do crédito direcionado para pessoas jurídicas, teve crescimento de 2,2% em março e de 16,3% em 12 meses. Esse movimento, explicou, foi influenciado pela variação do dólar.

O ESTADÃO / C DO POVO

Ex-prefeito de Itá tem direitos políticos cassados

O ex-prefeito de Itá, Egídio Gritti, foi condenado em uma ação civil pública ingressado pelo Ministério Público por ato de improbidade administrativa. A decisão é da juíza Thays Backes Arruda Reitz da Comarca de Itá que também condenou Arlindo Antônio Barzotto, Márcio Antônio Stumpf e a empresa Policlínica Itá Ltda.
Gritti teve os direitos políticos cassados por três anos, segundo decisão da magistrada. Já Arlindo Barzotto terá que pagar uma multa de R$ 5 mil e está proibido de contratar com o Poder Público ou receber benefício e incentivos fiscais pelo prazo de três anos. A decisão ainda determina a imediata suspensão de quaisquer contratos firmados entre Arlindo Barzotto e o Município.
Márcio Stumpf também foi condenado ao pagamento de multa no valor de R$ 5 mil. A empresa Policlínica também terá que pagar uma multa no valor de R$ 5 mil e ficará impossibilitada de contratar com o serviço público.
De acordo com a denúncia do Ministério Público houve uma possível irregularidade na contratação da prestação do serviço para exames médicos aos usuários do Parque Thermas ainda em 2009. Segundo os autos do processo, um dos sócios da empresa também seria servidor público municipal afrontando o princípio da moralidade e eficiência.


ATUAL FM / FOTO RURAL

Bandidos explodem banco e metralham batalhão da PM em SC

Três caixas eletrônicos explodiram e batalhão foi atingido por 54 balas.
Oito são suspeitos de crime nesta sexta-feira (24) em Campo Alegre.

Explosão aconteceu durante a madrugada desta sexta-feira  (Foto: PM/Divulgação) 
 
Explosão aconteceu durante a madrugada desta sexta-feira
 
 (Foto: PM/Divulgação)
 
 
Três caixas eletrônicos foram explodidos em uma invasão a um banco em Campo Alegre, no Norte catarinense, na madrugada desta sexta-feira (24). Durante a fuga, os suspeitos metralharam o batalhão do Polícia Militar (PM), que fica ao lado da agência.
O crime ocorreu às 5h no Centro. Conforme a PM, o local foi atingido por 54 balas e três policiais estavam de plantão. Ninguém ficou ferido e nenhum suspeito foi preso.
Conforme a PM, a ação durou entre três e cinco minutos. A suspeita é de que oito homens, fortemente armados, tenham entrado no local. Uma dinamite foi utilizada para abrir o estabelecimento e explodir os caixas. Teto e vidros da agência ficaram destruídos. Não há informações sobre quanto foi levado pelos criminosos.
Uma câmera de segurança de uma loja em frente ao banco flagrou o momento à distância, único registro disponível, informou a PM. Os homens fugiram em um Corolla preto, em direção ao Paraná.
Os policiais tiveram que deitar no chão para não ser baleados e não viram o rosto dos suspeitos. Até o início da tarde desta sexta, nenhum suspeito havia sido identificado e a polícia fazia rondas na região.


G1  SC