domingo, 1 de agosto de 2021

Grave acidente registrado neste domingo na BR-282

 



O acidente ocorreu no início da noite deste domingo, 01, na BR 282, em Xaxim/SC, sentido a Cordilheira Alta, envolvendo uma camionete Toyota Hilux, motorista foi socorrido e encaminhado para o hospital e um caminhão, motorista socorrido e encaminhado para o hospital.


Segundo informações iniciais, houve uma invasão de pista pelo motorista da Toyota.


Claudério Augusto via site Roberto Lorenzon / FOTO: Paco Barreto - Reprodução site Roberto Lorenzon

MIGNONZITTO FAST FOOD

 


RUA PAULO MARQUES, RUA DA MOTO A, UMA QUADRA ADIANTE DA SÃO PEDRO, ENTRE A AV. GETÚLIO VARGAS E A FERNANDO MACHADO. 

Em noite de pouco futebol, Inter só empata com o Cuiabá

 

Guerrero voltou, mas o Inter seguiu pouco efetivo no ataque 

Mesmo com a semana dedicada apenas a treinamentos após um bom tempo, o Inter não passou de um empate sem gols com o Cuiabá neste sábado, no estádio Beira-Rio, pela 14ª rodada. Em uma fria noite, a equipe colorada mostrou pouco futebol diante de um adversário estreante na Série A. 

Com o resultado, o Inter chegou a 15 pontos, por ora quatro à frente da zona de rebaixamento – distância que pode reduzir com o passar da rodada. O time gaúcho enfrenta o Flamengo no outro domingo, no Maracanã. Moisés, que foi expulso no fim do jogo, será desfalque. 

Primeiro tempo ruim

Precisando da vitória, o técnico Diego Aguirre promoveu a volta do centroavante recém recuperado de lesão Paolo Guerrero ao time titular. Mas, apesar da primeira semana completa para treinamentos, a equipe colorada que iniciou o jogo de forma burocrática e sem conseguir acionar o peruano. 

Para piorar um pouco o planejamento de Aguirre, o meia Maurício sentiu a lesão e precisou ser substituído antes dos 20 minutos, prejudicando o setor de criação colorado. 

Na defesa, o Inter teve problemas com Pepê e Clayson, que por vezes venceram os marcadores. O time do Mato Grosso, no entanto, não construiu uma conclusão que desse muito trabalho a Daniel. No outro gol a situação não foi diferente. O goleiro Walter apareceu mesmo só aos 34, após chute de Palacios, depois de boa jogada de Taison e Guerrero. 

Segundo tempo ainda pior

Até pelo tempo fora por lesão, Guerrero nem voltou do intervalo, dando lugar a Vinícius Mello. A despeito da troca ofensiva colorada, quem chegou primeiro foram os visitantes, com Jenison, que chutou perto da trave de Daniel.

O lance acabou sendo um indício do que seria o segundo tempo de um Inter que piorou em campo. Pouco adiantou Aguirre trocar Palacios por Boschilia, deslocando Taison para a ponta. Com Edenilson apagado, seguiu faltando chances para o Inter. 

E sem uma transição confiável, alguns erros quase comprometeram. Aos 18, Cuesta evitou o que seria uma conclusão na cara de Daniel de Renato Gava. Osman, aos 24, exigiu grande defesa do goleiro colorado. Para não dizer que não criou nada, Edenilson mandou na cabeça de Cuesta aos 30. O zagueiro testou e Walter foi no canto fazer a defesa. 

No fim do jogo, Moisés levou cartões amarelos em sequência e foi expulso. E a noite, por pouco, quase piorou no último lance, quando Pepê levou na entrada da área e chutou forte, fazendo a bola raspar a trave.  


Brasileirão - 14ª rodada

Inter 0
Daniel; Saravia, Bruno Méndez, Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson, Maurício (Caio Vidal/Paulo Victor), Taison e Palacios (Boschilia); Guerrero (Vinícius Mello). Técnico: Diego Aguirre. 

Cuiabá 0
Walter; João Lucas, Marllon, Paulão e Uendel; Uillian Correia, Camilo (Yuri Lima), Pepê e Jenilson (Rafael Elias); Clayson (Osman) e Rafael Gava (Auremir). Técnico: Jorginho

Cartões amarelos: Cuesta, Moisés; Clayson, Osman, Paulão.
Expulsão: Moisés
Árbitro: Paulo Zanovelli (MG)


Forte geada é registrada no Norte do RS

 Produtores de hortigranjeiros relatam que o gelo queimou muitas plantações

As pastagens naturais ficaram cobertas pelo gelo 

Uma forte geada foi registrada na manhã desta sexta-feira, na região Norte do Estado. O campo amanheceu coberto de gelo na maioria dos municípios. A temperatura mínima variou de -2°C a 1°C. A camada de gelo, que formou um manto branco, foi sendo dissipada a partir da chegada dos primeiros raios de sol.

Segundo o agrônomo Carlos Ramiro Joaquim, da Cooperativa Tritícola de Frederico Westphalen (Cotrifred), a geada prejudicou as pastagens naturais e as lavouras de fumo. “No caso do trigo, na região da cooperativa, a geada não ocasionou danos, pois a planta está na fase de perfilhação e neste caso torna-se benéfica”, disse. Produtores de hortigranjeiros relatam que o gelo queimou muitas plantações, ocasionando perdas financeiras.


O frio intenso registrado há vários dias na região, por outro lado, mobiliza as prefeituras com ações de ajuda a moradores de rua e famílias em situação de vulnerabilidade. Agasalhos e cobertores foram distribuídos aos moradores e rondas são realizadas à noite, ação que visa recolher pessoas que normalmente dormem no relento. Muitas pessoas, especialmente nas cidades de Passo Fundo e Erechim, as maiores cidades do Norte do Estado, levaram moradores de rua em abrigos municipais.


Agostinho Piovesan / Correio do Povo

LIMPÍADA Brasil vence a França em jogo cheio de adrenalina no vôlei masculino

 Seleção precisou virar set decisivo em jogo com mais de três horas


Brasil sofreu, mas confirmou vitória 

O Brasil segue firme em busca de mais uma medalha olímpica no vôlei masculino. Neste domingo, a equipe sofreu muito, no melhor jogo do torneio em Tóquio até aqui, e venceu a França por 3 sets a 2 depois de mais de 3 horas de jogo. Garantiu a classificação para as quartas de final e um cruzamento mais favorável.

No primeiro set, os brasileiros foram melhores e garantiram a vitória por 25 a 22. Na segunda parcial, o duelo foi equilibrado e recheado de rallys longos. O "interminável" set terminou em 39 a 37 para os franceses.

Incomodado com o vacilo, o Brasil voltou focado e fechou o terceiro set em 25 a 17. A vantagem durou pouco, e a França igualou, após vencer por 25 a 21. E no tie-break, a vitória foi brasileira, por 20 a 18.

Set de desempate que reservou mais teste para cardíacos. O Brasil chegou a abrir 12 a 9 e parecia que ia encaminhar o fechamento. Mas a França não parou mais de pontuar e obteve dois match points de folga. Aí apareceu Lucarelli, que salvou um total de quatro pontos do jogo até os brasileiros conseguirem virar. Leal anotou o match point.

Com o resultado, a seleção masculina de vôlei assumiu a liderança do grupo, mas depende de um improvável tropeço da Rússia contra a Tunísia. No pior dos cenários, os brasileiros se classificam em segundo. É apenas no fim dos jogos do dia que se conhecerão os confrontos da próxima fase.



R 7 / Correio do Povo

Rebeca Andrade ganha medalha de ouro no salto

 Ginasta brasileira faz história e sobe ao pódio pela segunda vez nos Jogos de Tóquio


Brasileira segue fazendo história nos Jogos Olímpicos de Tóquio 

Primeira ginasta brasileira a ganhar uma medalha olímpica entre as mulheres, com a prata no individual geral há poucos dias, Rebeca Andrade repetiu a dose na manhã deste domingo, porém desta vez no alto do pódio. Ela superou americanas e russas, entre outras, e ganhou o ouro no salto dos Jogos Olímpicos de Tóquio, mudando o patamar da ginástica brasileira no mundo.

Rebeca teve nota média de 15.083, a única a superar os 15 mil pontos. A americana Mykayla Skinner ganhou medalha de prata, com 14.916. A sul-coreana Yeo Seoyong levou o bronze, com 14.733. Uma das candidatas ao ouro, a americana Jade Carey teve problemas em um dos saltos e ficou com uma nota baixa, 12.416, em oitavo lugar, o último da final. 

"Não foi o meu melhor salto, mas foi o suficiente para ficar em primeiro lugar. Estou muito feliz, agora eu tenho duas!", comemorou a campeã olímpica pouco após receber a medalha de ouro. "Não sei nem o que falar. Muito obrigada pela torcida, amanhã tem mais", afirmou a ginasta, que competirá na final do solo às 5h57min desta segunda-feira. Ela tentará a sua terceira medalha em uma mesma edição dos Jogos Olímpicos.

A ginasta de Guarulhos-SP superou lesões graves no joelho e cirurgias para conseguir a classificação a Tóquio-2020 e chegar ao maior momento de sua carreira nos Jogos Olímpicos. A última cirurgia, em 2019, obrigou-a a ficar oito meses parada. Mas o adiamento dos Jogos, devido à pandemia do coronavírus, lhe deu tempo para recuperar seu nível.

Em 2016, após a primeira operação, conquistou o ouro no salto na etapa do Mundial de Koper. Rebeca, que na Rio-2016 havia conseguido apenas a décima primeira colocação, continua surpreendendo em Tóquio, onde deu ao Brasil a segunda medalha de ouro, a décima no total até agora nos Jogos Olímpicos.

"Me senti firme mesmo fazendo as coisas e me diverti. Hoje eu estava muito feliz. Na classificatória eu estava muito feliz. No individual. E esta sensação que eu quero levar para amanhã. Independente do que aconteça, de resultado, eu vou estar feliz, porque eu fiz tudo o que podia", vibrou Rebeca.

O Brasil estará representado em três finais individuais na manhã de segunda. Antes de Rebeca, às 5h, será a vez de Arthur Zanetti competir nas argolas, prova que ele venceu em 2012. Às 6h51min, Caio Castro disputa a final do salto masculino. Na terça, será a vez de Flávia Saraiva na trave.

Rebeca Andrade é apenas a quarta mulher brasileira campeã olímpica na história. Antes dela, venceram Maurren Maggi (2008), Sarah Menezes (2012) e Rafaela Silva (2016). E ela já está apenas uma medalha atrás da maior medalhista brasileira em esportes individuais, Mayra Aguiar, com três pódios em três edições diferentes dos Jogos.


A F P / Correio do Povo

Horóscopo de domingo dia 1°/08/2021

 

Áries

Momento de tensão nas amizades e com pessoas queridas. Você poderá viver com elas alguma restrição difícil. Coloque ordem serena e branda nas relações sentimentais.

Aquário

Os limites são colocados por você mesmo, muitas vezes, nas associações e parcerias. Parece que você não quer que os outros se aproximem. Não se contraia devido ao medo.

Capricórnio

Momento de aperto financeiro, em que a tentação de usar de recursos que não são propriamente seus pode piorar sua situação. Fique dentro dos limites do que lhe cabem.

Cancer

É preciso prudência e contenção nas questões financeiras. Esforce-se por ficar dentro dos limites, mesmo que não goste deles. De todo modo, será obrigado a ficar dentro deles.

Escorpião

As questões materiais, em casa e no trabalho, podem preocupar e devem ser cuidadas com firmeza e bom senso. É tempo de mostrar também seu lado responsável e seguro.

Gêmeos

Um dia de forte restrição a seus movimentos. Seja econômico e racional nas ações, pois talvez possa se mover pouco. Planeje e tire o máximo proveito de cada ação.

Leão

Tendência a agir com certa mesquinhez junto às pessoas queridas. A racionalização pode ser excessiva, descartando o aspecto humano de suas relações.

Libra

Mais comunicação, mais maleabilidade, diante de situações que tendem a ser rígidas e pétreas nas relações afetivas. Discutir e ter razão não resolve as questões afetivas.

Peixes

Quanto mais criterioso, rigoroso e eficiente no trato com saúde e trabalho, você irá obter melhores resultados. Mas não se deixe mover pelo medo, ou tudo isso vira mania.

Sagitário

Há reformas a serem feitas no seu modo de se comunicar e se mover. Não é momento fácil para viagens, estudos ou atividades que requeiram boa agilidade e comunicação.

Touro

As responsabilidades lhe são mais exigentes. Momento de restrição e austeridade nos assuntos de casa e de trabalho. Procure ser racional e prático, ou pode se frustrar.

Virgem

Um dia em que você tende a ter pouca vitalidade e viver alguma restrição pessoal. É melhor lidar logo e destrinchar os problemas, ou estes lhe atormentarão todo o tempo.



Bem  Paraná

sábado, 31 de julho de 2021

MIGNONZITTO FAST FOOD

 


ATENDEMOS DE TERÇA-FEIRA A DOMINGO A PARTIR DAS 18 HORAS EM SALA COMERCIAL NA RUA PAULO MARQUES, RUA DA MOTO A, UMA QUADRA ADIANTE DA SÃO PEDRO  INDO DO CENTRO AO BATALHÃO, ENTRE A AV. GETÚLIO VARGAS E A FERNANDO MACHADO.

Forte geada é registrada no Norte do RS

 Produtores de hortigranjeiros relatam que o gelo queimou muitas plantações


As pastagens naturais ficaram cobertas pelo gelo 



Uma forte geada foi registrada na manhã desta sexta-feira, na região Norte do Estado. O campo amanheceu coberto de gelo na maioria dos municípios. A temperatura mínima variou de -2°C a 1°C. A camada de gelo, que formou um manto branco, foi sendo dissipada a partir da chegada dos primeiros raios de sol.

Segundo o agrônomo Carlos Ramiro Joaquim, da Cooperativa Tritícola de Frederico Westphalen (Cotrifred), a geada prejudicou as pastagens naturais e as lavouras de fumo. “No caso do trigo, na região da cooperativa, a geada não ocasionou danos, pois a planta está na fase de perfilhação e neste caso torna-se benéfica”, disse. Produtores de hortigranjeiros relatam que o gelo queimou muitas plantações, ocasionando perdas financeiras.

O frio intenso registrado há vários dias na região, por outro lado, mobiliza as prefeituras com ações de ajuda a moradores de rua e famílias em situação de vulnerabilidade. Agasalhos e cobertores foram distribuídos aos moradores e rondas são realizadas à noite, ação que visa recolher pessoas que normalmente dormem no relento. Muitas pessoas, especialmente nas cidades de Passo Fundo e Erechim, as maiores cidades do Norte do Estado, levaram moradores de rua em abrigos municipais.



Correio do Povo

Fratus vai à final dos 50m livre da Tóquio 2020 com 3º melhor tempo

 Brasileiro é candidato à medalha, mas tem parada dura contra Dressel, Manaudou e Gkolomeev


Brasileiro melhorou sua marca no ano 

Bruno Fratus confirmou a boa fase e garantiu seu lugar na final dos 50 metros livre, na noite desta sexta-feira, na Tóquio 2020. O nadador registrou o terceiro melhor tempo das semifinais, empatado com o grego Kristian Gkolomeev. Ele disputará sua terceira final consecutiva da prova em Olimpíadas.

Fratus nadou na primeira bateria e chegou em segundo lugar, com 21s60, mesmo tempo obtido por Gkolomeev. O francês Florent Manaudou, campeão olímpico da prova em Londres-2012, bateu em primeiro, com 21s53 - foi o segundo melhor tempo das semifinais. A decepção da disputa coube ao russo Vladimir Morozov, candidato ao pódio, mas que foi o oitavo e último da bateria.

O mais veloz das semifinais foi o norte-americano Caeleb Dressel, um dos maiores destaques da natação nestes Jogos de Tóquio, com 21s42, tempo pior em comparação ao seu desempenho na fase classificatória, com 21s32, quando se aproximou do recorde olímpico, de 21s30, que pertence ao brasileiro Cesar Cielo. Dressel, contudo, aliviou nos metros finais nesta noite, indicando que poderá quebrar esta marca na final, às 10h30 de domingo, pelo horário de Brasília.

Fratus, por sua vez, mostrou evolução porque havia nadado para 21s67 na eliminatória. Seu melhor tempo é de 21s27, obtido no Mundial de Budapeste, quando conquistou a medalha de prata. Conhecido por sua regularidade, ele nadou abaixo da marca de 22 segundos pela 90ª vez na carreira - é o nadador que mais vezes superou esta barreira. E registrou o seu melhor tempo na temporada até agora.



Correio do Povo

Brasil joga bem, vence o Egito e segue sonhando com o bicampeonato olímpico

 Seleção desperdiçou diversas chances, mas venceu por 1 a 0 e agora encara o México na próxima terça-feira


Matheus Cunha marcou o primeiro gol do jogo 

O sonho do bicampeonato olímpico segue vivo para o Brasil em Tóquio. Jogando bem, a seleção brasileira venceu por 1 a 0 o Egito, na manhã deste sábado, em Saitama, no Japão e garantiu vaga nas semifinais dos Jogos Olímpicos. Agora, a seleção brasileira encara o México, na próxima terça-feira, em busca de uma vaga na decisão da Olimpíada e o inédito bicampeonato no futebol.

Do outro lado da chave, se enfrentam Espanha e Japão. Por avançar até as semis, o time de André Jardine já está garantido na disputa por medalhas. 

No duelo desta noite japonesa, Matheus Cunha marcou ainda na primeira etapa, com amplo domínio brasileiro. Único destaque negativo da partida foi a quantidade de chances que o Brasil criou e perdeu, especialmente no segundo tempo. 

Controle brasileiro

Um belo primeiro tempo do Brasil no Japão. Trocando passes e controlando a partida contra um organizado Egito, o time de André Jardine sempre esteve mais perto de marcar do que se sofrer gols nos 45 minutos iniciais. Com o atacante Antony ligado e Richarlison novamente inspirado, a seleção dominou amplamente os adversários com uma marcação alta. 

Aos 18 minutos, o atacante Matheus Cunha, artilheiro do ciclo olímpico, desperdiçou uma chance clara ao ser encontrado livre dentro da área por Antony. Ele não conseguiu dominar e a bola passou pelo seu pé. Antes, Douglas Luiz finalizou forte por cima do gol na primeira chegada do jogo. 

Embora o gol demorasse a sair, o Brasil seguia em cima e não se intimidava, especialmente com um bom trabalho de bola no meio de campo com destaque para Douglas Luiz, voltando de suspensão, e Bruno Guimarães.  

Esse entrosamento nos passes se transformou em gol aos 36 minutos. Em jogada de passes de Claudinho e Richarlison, o "Pombo" rolou bem para Matheus Cunha dentro da área e dessa vez ele não desperdiçou. Uma finalização colocada e sem chances para o goleiro El Shenaway. 

Vaga assegurada

Na volta do intervalo, o Brasil ampliou ainda mais seu controle da partida nos primeiros minutos. Logo no primeiro minuto, poderia ter ampliado. Douglas Luiz encontrou bom passe para Matheus Cunha, que saiu na cara do goleiro, mas tocou para fora. Na sequência, ele precisou ser substituído e deu vaga para Paulinho. 

Aos 10, Arana perdeu a chance do dois a zero. Com o tanque cheio, o atacante Paulinho levou a melhor na velocidade e inverteu boa bola para o lateral, que dominou mal e finalizou em cima do goleiro. Aos 21, foi a vez do garçom do lance anterior desperdiçar o seu. Douglas Luiz achou Paulinho em boas condições. Ele conseguiu conduzir a bola até a cara do goleiro, mas o chute saiu novamente no corpo do arqueiro. 

Depois de perder chances de ampliar, o cenário da partida se alterou. Conforme o tempo avançava, o Brasil, dono das ações, passava a atuar mais resguardado para assegurar a vaga e não sofrer o empate. Sem nada a perder, o Egito se lançou ao ataque, mas pecava na falta de criatividade ofensiva. 

Erguendo bolas em profusão para dentro da área, o adversário não levou perigo no fim e a seleção brasileira se segurou para garantir a vaga na próxima fase.

Jogos Olímpicos - Quartas de final - Futebol Masculino

Brasil

Santos; Daniel Alves, Diego Carlos, Nino e Guilherme Arana; Douglas Luiz, Bruno Guimarães e Claudinho (Reinier, aos 19/2ºT); Antony (Malcom, aos 19/2ºT), Matheus Cunha (Paulinho, aos 8/2ºT) e Richarlison (Gabriel Menino, aos 46/2ºT). Técnico: André Jardine.

Egito

El-Shenawy; Karim El-Raki (Ashour, aos 17/2ºT), Osama Galal, Hegazy, El-Wench e Ahmed Fotouh; Tawfik, Taher Mohamed (Maher, aos 38/2ºT), Hamdy (Mansy, aos 38/2ºT) e Sobhi; Ahmed Rayan (Mohsen, aos 17/2ºT). Técnico: Gharib Shawky.

Gol: Matheus Cunha, aos 36/1ºT
Cartões amarelos: Antony (Brasil), Tawfik (Egito)
Local: Estádio Saitama, em Saitama (Japão) Data: 31 de julho de 2021, às 7h
Árbitro: Chris Beath (Austrália) 
Assistentes: Anton Shchetinin e George Lakrindis (ambos da Austrália) 
VAR: Marco Guida (Itália)



Correio do Povo

Horóscopo de sábado dia 31/07/2021

 

Áries

Filhos, relações amorosas e atividades criativas e artísticas são os campos de experiência para estas conjunções. Neles terá grande alegria, ao se dedicar com boa vontade.

Aquário

Conviver com a pessoa amada ou em meio a pessoas queridas é a grande alegria possível. As afinidades serão fortes e marcarão presença.

Capricórnio

A alegria possível neste dia está em se abrir para uma situação completamente nova e desconhecida, sem registro em sua história pessoal. É bom sair da rotina e se arriscar.

Cancer

O bom gosto e o sentido estético estão dando o tom principal de suas escolhas, inclusive nas aquisições. Há maior facilidade para fechar negócios e fazer boas compras.

Escorpião

É momento de unir o útil ao agradável. Trabalhar em cooperação com os outros é fundamental para tudo dar certo, além do que será mais gostoso.

Gêmeos

A alegria está presente nos assuntos e afazeres cotidianos. Uma viagem ou contato com um ambiente agradável é favorecido. O encontro com alguém querido será prazeroso.

Leão

Você deseja estar próximo de alguém com quem se entenda profundamente. A amorosidade é estimulada. Há chance de, em algum nível, encontrar esta alegria.

Libra

Estar próximo dos amigos é a maior alegria que pode viver. Reserve parte do tempo para a vida social. Pense na vida com grandeza, acredite e aposte mais em seus sonhos.

Peixes

O espírito de cooperação traz, além de resultados materiais, a alegria de participar de um trabalho legal com pessoas legais. Ideias divertidas e legais são bem vindas.

Sagitário

As viagens e eventos culturais de todo o tipo estão estimulados. Estudar pode ser bem divertido, quando se faz isso com as pessoas certas e com o espírito descontraído.

Touro

Você pode encontrar alegria de viver na casa e com a família. Surge o lado mais amoroso no convívio com os familiares. É o momento também de contatar um anseio profundo seu.

Virgem

Você pode conhecer hoje momentos de alegria, envolvendo-se com interesses pessoais e atividades voltadas para sua interioridade Até mesmo ficar sozinho pode ser prazeroso.



Bem  Paraná

sexta-feira, 30 de julho de 2021

Homem morre após ser atropelado pelo próprio carro em Concórdia


 


Um homem morreu no início da tarde desta sexta-feira, dia 30, após ser atropelado pelo próprio carro, no Bairro Guilherme Reich, em Concórdia.

O acidente aconteceu por volta de 12h30, na Rua Francisco Berta, no Loteamento Berta. Conforme a Rádio Aliança, a vítima era pedreiro e estava trabalhando em uma obra no local.

Segundo populares, a Saveiro dele teria disparado e ele tentou segurá-la. O carro acabou atropelando o trabalhador.

O Corpo de Bombeiros Voluntários foi acionado, mas o homem já estava sem vida. As polícias Civil e Militar, além do IGP, foram acionados para os procedimentos necessários.

A identidade do trabalhador e a idade dele ainda não foram confirmadas pelos órgãos responsáveis.



Claudério Augusto via site Oeste Mais / FOTO: Jocimar Soares - Reprodução site Oeste Mais

CHAPECÓ: Nova ferramenta para atender a população Chapecoense




Uma nova ferramenta para atender aos chapecoenses está disponível a partir desta sexta-feira (30). O Chapecó Digital pode ser acessado por aplicativo ou então pelo link. A ferramenta vai custar R$ 1.410 mensais, e deve substituir o ONB Digital, que custava R$ 33 mil mensais, segundo o Diretor Geral de Modernização, Clodoaldo Jorge dos Santos.

Por meio deste aplicativo, a população pode solicitar uma série de serviços, como por exemplo a troca de lâmpada, informar sobre buraco nas ruas, acompanhar as notícias da administração, fazer agendamento de vacinação, reservar livros na Biblioteca Municipal, acessar o Aprova Digital entre outros serviços.

“É uma ferramenta muito mais barata e com mais serviços disponíveis. Outra vantagem é a desburocratização do processo. Antes o cidadão passava a demanda para o ONB Digital, que repassava para os setores responsáveis dentro da prefeitura. Agora as demandas vão direto. A troca de lâmpada, que é mais de 40% das demandas, vai direto para um resolvedor na Secretaria da Infraestrutura. Com isso, a tendência é que o serviço fique mais ágil”, disse Clodoaldo.

O sistema era testado internamente, onde as demandas que chegavam por telefone, e-mail ou pessoalmente, já estavam em processo de serem cadastradas. Mas a partir de agora a intenção é que o cidadão utilize o Chapecó Digital.

Segundo o Diretor Geral de Modernização, isso vai permitir também melhorar a gestão, observando onde tem mais demanda, onde é necessário ampliar o serviço ou fazer ajustes.



Claudério Augusto via site Prefeitura de Chapecó/Reprodução

Jovem encontra mãe e pai mortos a tiros dentro de casa em SC

 Mais uma morte violenta foi registrada em Santa Catarina, desta vez em Araquari, no Norte do Estado. O crime ocorreu no bairro Itinga, por volta das 4 horas desta sexta-feira, dia 30.

Nelson de Souza, de 54 anos, matou a tiros Beatriz Edilio da Silva de Souza, de 55, e tirou a própria vida em seguida, com a mesma arma usada no crime. Um revólver calibre 38 foi encontrado na cena com quatro munições deflagradas.

Foi a filha do casal, de 22 anos, que encontrou os dois já mortos. Segundo o delegado Eduardo de Mendonça, responsável pelo caso, ela estava em casa quando ouviu os tiros e arrombou a porta.

A Polícia Civil esteve no local e investiga o caso, que está sendo tratado como feminicídio. Ainda não se sabe a motivação e familiares devem ser ouvidos no decorrer da investigação.

De acordo com Mendonça, o casal morava junto e, no sistema, não constam registros de denúncia de violência doméstica.




Claudério Augusto via site Oeste Mais

CHAPECÓ: Mais de 12 mil carteiras de cigarros contrabandeados são apreendidas



 .

Cerca de 12 mil carteiras de cigarros contrabandeados foram apreendidas durante a madrugada desta sexta-feira (30). A ocorrência foi registrada pela Polícia Militar (PM) na Avenida Fernando Machado, no bairro Passo dos Fortes, em Chapecó (SC), por volta das 4h57.

De acordo com a PM, a guarnição realizava rondas pelo Centro do município quando avistou um veículo com características suspeitas.Além disso, o condutor apresentou nervosismo com a presença da guarnição.

O carro – um VW/Saveiro – foi abordado pela guarnição na Avenida Fernando Machado. Durante buscas, os policiais encontraram cerca de 25 caixas, em torno de 12.500 carteiras.

A PM informou que o motorista, de 39 anos, relatou que pegou as caixas de cigarro em Francisco Beltrão (PR) e que iria repassar o conteúdo em um posto de Chapecó. Devido aos fatos, o homem foi detido e conduzido à Polícia Federal.



Claudério Augusto via site ClicRdc / FOTO: PM - Reprodução site ClicRdc

MIGNONZITTO FAST FOOD

 



ATENDEMOS DE TERÇA-FEIRA A DOMINGO A PARTIR DAS 18 HORAS EM SALA COMERCIAL NA RUA PAULO MARQUES, RUA DA MOTO A, UMA QUADRA ADIANTE DA SÃO PEDRO INDO DO CENTRO AO BATALHÃO, ENTRE A AV. GETÚLIO VARGAS E A FERNANDO MACHADO. 

Brasil faz melhor partida da Tóquio 2020 e vence EUA de virada no vôlei

 Time masculino competiu o tempo todo e encaminhou avanço na Olimpíada

Time brasileiro mostrou mais vibração 

Brasil perde nos pênaltis para o Canadá e está eliminado dos Jogos Olímpicos

 Seleção brasileira feminina acabou superada por 4 a 3 nas penalidades e deixa Tóquio sem medalha


Jogo foi equlibrado no Japão desde o primeiro minuto 

Um jogo disputado e digno de duas seleções acostumadas a competir e avançar nos Jogos Olímpicos na madrugada desta sexta-feira, em Miyagi, no Japão, pelas quartas de final da Tóquio 2020. Brasil e Canadá precisaram de 120 minutos, mais as penalidades, para decidir quem avançava às semifinais. No detalhe, deu Canadá, por 4 a 3 nos tiros diretos da marca fatal, após um 0 a 0 no tempo normal e no período extra. Com o resultado, a seleção feminina brasileira está eliminada da Olímpiada.

Numa partida de defesas superiores aos ataques, o time de Pia Sundhage até chegou mais perto da vitória com a bola rolando, mas viu a boa goleira Labbé se destacar e a falta de criatividade do ataque prevalecer. Na decisão de pênaltis, a vantagem apareceu logo na primeira cobrança, com defesa de Barbara em chute de Sinclair, mas Andressa Alves e Rafa desperdiçaram e a eficiência canadense apareceu no fim para selar o placar em 4 a 3. 

A derrota marca a despedida da veterana Formiga, de 40 anos, das competições olímpicas e é a primeira da técnica sueca em seu trabalho no Brasil. Ela é tri-medalhista com os Estados Unidos e a Suécia. No final da partida, as atletas formaram uma roda e conversaram sobre o desempenho e os avanços do futebol feminino no país. 



Equilíbrio tático

Como era esperado, o jogo começou estudado com as duas equipes tentando tomar o controle do meio de campo. No entanto, as defesas conseguiram levar a melhor contra os ataques. Assim, foi preciso arriscar de longe. Foi o que fez Thamires aos 14 minutos, em finalização por cima do gol depois de tabela com a Rainha Marta. 

A resposta canadense veio rápida e em velocidade. A camisa 10 Lawrecen fez linda jogada pela direita e cruzou no capricho para Sincliar. Por sorte, a atacante se atrapalhou e a goleira Barbara ficou com a bola. 

O momento de maior emoção na primeira etapa veio com o árbitro de vídeo. Andressinha foi derrubada na direita já dentro da área. A árbitra assinalou a penalidade e a assistente o impedimento. Avisada de que a posição era legal, o VAR chamou a juíza para observar o lance na tela. O pênalti foi desmarcado e o jogo seguiu. 

Aos 40 minutos, a melhor oportunidade do Brasil até então. A zaga do Canadá errou e Debinha ficou na cara da goleira Labbé. A atacante brasileira finalizou de direita e a bola ficou no pé da arqueira adversária, que comemorou muito a grande defesa responsável pela igualdade até o intervalo. 

Defesas eficientes

As defesas seguiram prevalecendo diante dos ataques na segunda etapa. Quando isso não acontecia, a sorte aparecia. Aos 14 minutos, Gilles testou livre dentro da área e mandou na trave. Antes, Andressinha tentou finalização de longe para firme defesa de Labbé, tentando "testar" mais a goleira adversária. 

Precisando de mais intensidade, a técnica Pia Sundhage colocou Ludmilla na vaga de Bia Zaneratto. A alteração deixou a seleção mais aguda, mas a resposta canadense veio com a entrada da rápida Rose no lugar de Prince. Essas opções de velocidade clarearam o campo e os ataques passaram a ir de área a área. O problema é que os sistemas defensivos estavam consistentes. Para furar, Debinha arriscou um chute de fora da área que Labbé espalmou. 

A espacada veloz do Canadá quase rendeu o 1 a 0, não fosse o pé salvador de Erika aos 40 minutos em finalização de Rose. A seleção brasileira respondeu na mesma moeda. Ludmilla foi lançada, mas a goleira conseguiu abafar a bola e salvar o lance. 

Conforme o relógio avançava, a partida ia ficando mais aberta e emocionante. Nos últimos minutos, a bola rondou ambas as áreas, mas não resultou em finalização perigosa para nenhum dos lados. Ao longo de todo o jogo, foram 90 minutos de defesas excepcionais diante dos ataques e a decisão da vaga foi para a prorrogação. 

Nada de gols na prorrogação

A tensão que permeeou a partida nos minutos finais seguiu na prorrogação. Os times fecharam os espaços e passaram a se resguardar defensivamente. A opção estava na velocidade de Ludmilla. Aos 9, quase a atacante se aproveitou de falha da zaga do Canadá. A goleira Labbé se recuperou bem e salvou a tempo.

Pia promoveu a entrada de Andressa Alves na vaga de Duda, pensando em um maior controle de bola no meio de campo ainda na primeira metade do período extra. 

Na segunda etapa, a escapada seguia sendo a atacante Ludmilla. Aos 2 minutos, ela driblou a marcação, mas o cruzamento não achou ninguém dentro da área. O Brasil, mais inteiro fisicamente, quase marcou aos 7. Debinha recebeu na entrada da área e mandou perto da trave adversária. 

Assim como no tempo normal, na prorrogação a melhor chance também foi brasileira. Após cruzamento na área, Erika apareceu para desviar no canto e Labbé fez grande defesa e tudo ficou para as penalidades. 

Canadá vira no pênaltis

A experiente Sinclair errou a primeira penalidade e Marta converteu. Assim, o Brasil seguiu a frente até a sétima cobrança, quando Andressa Alves errou. Aí, o Canadá converteu suas duas cobranças e e jogou a pressão para a zagueira Rafa, que cobrou e Labbé defendeu selando a eliminação.



    Jogos Olímpicos - Quartas de final - Futebol Feminino

    Brasil 0 (3)
    Bárbara; Bruna Benites, Érika, Rafaelle e Tamires; Formiga (Angelina, aos 27/2ºT), Andressinha, Duda (Andressa Alves, aos 10/1ºT da prorrogação) e Marta; Bia Zaneratto (Ludmila, aos 13/2ºT) e Debinha. Técnica: Pia Sundhage.


    Canadá 0 (4)
    Stephanie Labbe; Ashley Lawrence, Vanessa Gilles, Buchanan e Allysha Chapman (Riviere, aos 2/2ºT da prorrogação); Desiree Scott, Quinn (Julia Grosso, aos 17/2ºT) e Jessie Fleming; Janine Beckie (Adriana Leon, aos 16/1ºT da prorrogação), Prince (Deanne Rose, aos 17/2ºT, depois Huitema, aos 8/2ºT da prorrogação) e Sinclair. Técnica: Bev Priestman

    Local: Estádio de Miyagi, em Miyagi (Japão)
    Árbitra: Stephanie Frappart (França)
    Assistentes: Manuela Nicolosi (França) e Michelle O'Neill (Irlanda)
    VAR: Bibiana Steinhaus-Webb (Alemanha)
    Cartões amarelos: Ashley Lawrence, Riviere (Canadá), Duda, Ludmila (Brasil)



    Correio do Povo

    Natural de Chapecó, pivô da Seleção Brasileira de Futsal conquista prêmio de melhor jogador da Liga Espanhola

     



    Pivô do Barcelona e da Seleção Brasileira de Futsal, Pito conquistou nesta quinta-feira (29) o prêmio de melhor jogador da Liga Nacional da Espanha da última temporada. Recém-contratado pelo clube Culé, o atleta defendeu o Inter Movistar na competição. Natural de Chapecó (SC), o camisa 10 da seleção desbancou o brasileiro e eleito melhor do mundo Ferrão e Fede, goleiro do
    Levante, na disputa do título.

    Além da conquista de jogador mais valioso da Liga Nacional, Pito também foi premiado como o melhor pivô do torneio, na terça-feira (27). O brasileiro disputou o título ao lado de Ferrão, seu novo companheiro de Barcelona, e Pedro Toro, atleta do Levante. “Algo muito gratificante para mim. Conquistar dois títulos individuais em uma semana é a realização de um sonho. Todo atleta que inicia no futsal sonha em defender um clube da Espanha e conquistar títulos no país. O futsal espanhol é o grande centro da modalidade. Devo muito estas conquistas aos meus ex-companheiros de equipe. Sem a presença deles, nada disso seria possível. Agora seguirei trabalhando para marcar meu nome na história do Barcelona”, disse o atleta.

    Durante a Liga Nacional, Pito disputou 25 partidas e anotou 12 gols pelo Inter Movistar. Assim, ajudou a equipe de Madrid a chegar às quartas de final do torneio. Agora, o pivô e camisa 10 da Seleção Brasileira chega para reforçar o Barcelona até 2024. De férias no Brasil, o jogador segue em preparação para a Copa do Mundo de Futsal, que terá início em setembro, na Lituânia. Após o torneio, o atleta se apresenta ao novo clube.

    Pito possui passagens de brilho por Concórdia e Carlos Barbosa, equipe onde conquistou a Liga Nacional de Futsal em 2015. Após o título pelo clube gaúcho, o pivô se transferiu para o El Pozo de Murcia, da Espanha. Em 2019, chegou ao Inter Movistar e conquistou três competições em dois anos: Copa da Espanha, Supercopa da Espanha e Liga da Espanha.



    Claudério Augusto via site ClicRdc / FOTO: ClicRdc